PESSOAL | Dezasseis resoluções para 2016

23:05

Não faz parte de mim traçar objetivos no início do ano. Quem segue o blog sabe que, para mim, o ponto de viragem se dá no meu aniversário e não na passagem de ano mas hoje estava a precisar de conversar e decidi fazê-lo aqui, convosco. 

2015 não foi, de todo, um ano fácil. Aliás, de há dois anos para cá que não tem sido muito fácil. Apesar das coisas boas que a Universidade me trouxe (confesso que muito poucas em relação às que eu esperava), também me trouxe muitas desilusões, muito cansaço, muito peso nos ombros e, principalmente, no cérebro. Contudo, apesar de os últimos dois anos também terem sido difíceis (e eu já estar a ficar calejada), 2015 foi, em particular, um ano mais duro e pesado em termos emocionais e psicológicos, tanto por causa da Universidade como pelas pessoas no seu domínio mais geral. Claro está que o cansaço dos anos anteriores já se começa a manifestar, mas cá estamos... Sempre fortes!

Há uma semana atrás, mais coisa menos coisa, veio a minha mãe dizer-me que viu as previsões para 2016 no Você na TV e que os signos de carneiro e peixes (os de cá de casa) iam ter um ano muito bom. Com a sede de sorte que estava, fui logo a correr confirmar o que ela estava a dizer porque, apesar de não acreditar muito nessa coisa dos signos, quando a previsão é boa uma pessoa quer sempre acreditar. Mas, afinal, as coisas não eram bem assim: o ano de carneiro é fantástico para umas datas, bom para outras e... um ano de provações para três ou quatro dias, eu incluída. Fiquei logo para morrer e só pensei que 2016 tinha ainda mais um dia de provações que 2015, why God? why?


Author

Porém, pensando agora com mais distância sobre o assunto, talvez seja a hora de agarrar o touro pelos cornos e ir à luta, seja pelo segundo, terceiro, quarto, ou milésimo ano consecutivo. Há que pensar que se estamos vivos é para lutar pela nossa felicidade e, venha o que vier, é o que vou fazer!


Passemos, então, às minhas resoluções para 2016.

- Acabar a Licenciatura com uma média superior a 16,5 valores. Ainda tenho esperança que seja superior a 17, mas não vamos sonhar alto demais.
Decidir-me sobre fazer ou não mestrado este ano.
- Ler mais.
- Conhecer lugares novos.
- Tirar um curso de fotografia ou explorar esta área on my own.
Dedicar mais tempo a coisas que gosto. 
Manter e cultivar amizades verdadeiras.
Dedicar mais tempo à família, que são o bem mais precioso que temos neste Mundo.
Ser menos depois faço e não tenho tempo e mais let's do it. Parar de deixar para amanhã o que posso fazer hoje.
- Começar a praticar exercício físico e acabar com a minha preguiça nata.
- Aprender a cumprir horários e rotinas, que eu tento impor a mim própria e não consigo cumprir (como horários de estudo, horas de exercício,...)
- Tornar-me menos consumista. Esta é uma meta que já vem do final de 2015 e que quero manter e ir melhorando. Não que compre muita coisa, porque só compro em saldos, mas quero aprender a comprar o necessário e a dar mais valor ao que já tenho.
Tornar-me uma pessoa mais calma. Já sou nervosa de feitio, mas quero aprender a acalmar-me e a aproveitar mais a vida.
- Cuidar mais de mim e ser mais confiante. Esta é uma coisa que tenho mesmo de fazer este ano: valorizar-me, cuidar de mim e tornar-me mais confiante: em mim e nas minhas capacidades.
- Ser mais positiva. Quando as coisas começam a correr mal tenho tendência em me deixar afundar. Quero mudar isso e passar a ver o copo meio cheio em vez do copo meio vazio.
- Lutar pela minha felicidade. Com o passar do tempo percebi que para ser feliz é preciso trabalhar para isso. Por isso, este ano quero força para lutar pela felicidade e não calma para esperar que a felicidade caia das árvores.

Estas são as metas que tenciono cumprir em 2016. Quais são as vossas?
Se leste esta publicação até ao fim, obrigada! Espero que o teu ano seja brilhante. E de quem não leu tudo também.

Desejo-vos tudo de bom!

Um grande beijinho, 
Susana

You Might Also Like

0 comentários

Obrigada por teres vindo visitar o meu mundo! ♡
Qualquer questão será respondida no próprio post.