Pessoal | New year, new expectations

19:00

Este ano antigo foi duro. Não que lhe deva chamar de antigo porque só passaram 4 dias e ele pode lembrar-se e fazer a cabeça do novo. Mas que não foi lá muito meu amigo, não foi. Foi um ano pesado em termos psicológicos, cansativo, dos mais difíceis que já me apareceu à frente. Talvez seja a idade a avançar e eu a crescer, a ver que a vida não é nenhum conto de fadas. Talvez seja isso. Ou talvez seja só a vida a testar os meus limites. Tenho-te a dizer, velho 'amigo' que continuo aqui firme e isso é o que interessa. Não digo que pronta para outro ano igual, já chega. Mas um melhorzito, só para não pedir muito. Não podemos abusar não é?

2015,
Traz-me novas oportunidades, novas experiências, novos começos e recomeços. Torna-te meu amigo. Traz-me coisas boas. Também más, mas poucas, para eu crescer e fortalecer. Leva-me a explorar sítios novos, a conhecer pessoas incríveis, a criar memórias inesquecíveis. Faz-me reviver velhos momentos e torna-os presentes, nem que por pequenos instantes. Não te peço paz no mundo, porque acho que é difícil, mas a união daqueles que eu amo já era bom. Faz com que eu saiba apreciar as coisas boas. Com que eu pare e observe mais vezes. Que eu aprenda a fazer uma pausa de vez em quando. Fazia-me bem, eu sei. Faz com que ande menos stressada e mais atenta, menos preocupada e mais feliz. Sim, faz-me feliz. É só isso que eu te peço. Afinal, já só são 361 dias de convivência, não custa nada. Ah, e faz com que eu observe mais através de uma objetiva e capte momentos mágicos, como sempre sonhei. 








Não se encostem à sombra da bananeira à espera que o ano novo faça as coisas por vocês. 
Ele é novo, mas não gosta lá muito de batalhar sozinho. 
Desejo-vos tudo de bom. Obrigada por estarem desse lado.

You Might Also Like

1 comentários

Obrigada por teres vindo visitar o meu mundo! ♡
Qualquer questão será respondida no próprio post.